sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Jesus o Nosso Alimento - Atividades

Jesus nos alimenta com seu corpo
" A Mesa do Corpo de Cristo mantém viva a ideia de refeição" (cf. Lc 22,7-20).

Objetivo:
Passar o conteúdo com a máxima convicção possível para levar o catequizando a descobrir que na consagração se realiza o mistério da transformação do pão em corpo e do vinho em sangue de Cristo.


Reflexão:
Após ouvir a explicação da palavra na homilia, o cristão professa a sua fé, rezando o Creio.

A apresentação das oferendas (ofertório): trazem-se então ao altar, por vezes em procissão, o pão e o vinho, que serão oferecidos pelo sacerdote em nome de Cristo no Sacrifício Eucarístico, e ali se tornarão o corpo e o sangue de Cristo. Este é o próprio gesto de Cristo na última ceia tomando o pão e um cálice.

Esta oblação, só a Igreja a oferece, pura, ao Criador, oferecendo-lhe como ação de graças o que provém de sua criação. A apresentação das oferendas ao altar assume o gesto de Melquisedec e entrega os dons do Criador nas mãos de Cristo.
É Ele que, em seu sacrifício, leva à perfeição todos os intentos humanos de oferecer sacrifícios. (CaIC n. 1350)

A Eucaristia é também o sacrifício da Igreja. A Igreja, que é o corpo de Cristo, participa da oferta da sua cabeça. Com Cristo, ela mesma é oferecida inteira. Ela se une à sua intercessão junto ao Pai por todos os homens. Na Eucaristia, o sacrifício de Cristo se torna também o sacrifício dos membros de seu corpo. A vida dos fiéis, seu louvor, seu sofrimento, sua oração, seu trabalho, são unidos aos de Cristo e à sua oferenda total, e adquirem assim um valor novo. O sacrifício de Cristo presente no altar dá a todas gerações de cristãos a possibilidade de estarem unidos à sua forma. (CaIC n. 1368)

Desenvolvimento:
É urgente, é importante compreender qual a essência da Mesa Eucarística.
Precisa-se crer no valor infinito vinho do próprio Deus e na sua extensão, que é o amor fraterno.

Este momento pode ser apresentado assim: provideciar um pão numa mesinha coberta com toalha e um copo de suco de uva ou preparar uma mesa com salgados, doces, refrigerantes, que os catequizandos poderão trazer.
Hoje celebramos a essência do "doar-se", do "repartir", do "partilhar".

O catequista deverá conduzir todos a um diálogo, focalizando a Mesa Eucarística, o ponto alto da celebração.
Peça ao catequizandos para fazerem um círculo e imaginar que esta participando da mesa da última ceia, junto com Jesus.
Fonte: Livro caminhando na construção do Reino - E.R.C.

Abraço Fraterno  E Abençoado dia a Você.
                        Sueli

0 comentários:

Postar um comentário

Parceiros

Copyright © 2011-2012 MaxCTR Blogger Template Converted by Xiontechinfo.Com and BlogisBlogging.Com